A primeira Callan School foi fundada em 1960 por Robin K. T. Callan.
É uma das escolas de inglês mais antigas de Londres, amplamente conhecida em toda a Europa por sua credibilidade em ensinar inglês rapidamente. Centenas de escolas de vários países em todo o mundo utilizam o Método Callan. É encontrado em todos os continentes e o número de escolas cresce continuamente.
O método Callan é baseado na absorção da língua de maneira gradual e reflexa.
O aluno não precisa se preocupar em absorver e entender tudo de imediato. O processo de aprendizagem será da mesma maneira que ele aprendeu sua língua materna, e a velocidade varia de pessoa para pessoa.
O método é inteiramente prático. O aluno prende sua atenção nas perguntas do professor com resposta reflexa, independente se tenha pouco ou algum conhecimento prévio da língua inglesa.
O aprendizado de uma língua é baseado no auto-reflexo, sem pensar antes de falar.
O aluno assimila e absorve sentenças e exemplos gramaticalmente corretos. 
Depois são elaboradas perguntas com respostas imediatas para que o aluno não tenha tempo de pensar no que ele está falando.
O aluno pega o "molde" da sentença e responde de forma reflexa. A gramática é aplicada e adquirida de forma prática.
Desde que foi desenvolvido em 1960 ensina inglês em um quarto do tempo normalmente necessário com os outros métodos.
O método Callan é um método direto criado especificamente para aumentar a compreensão e habilidade de se expressar oralmente. 
A aula é formatada em um esquema de perguntas e respostas para assegurar que o aluno esteja ativamente envolvido auditivamente e que esteja usando as estruturas de linguagem de forma correta ao seu máximo.
O método baseia-se num "script" organizado e estruturado cuidadosamente. Vocabulário e gramática são introduzidos de maneira programada com revisões e reforços ao aprendizado automaticamente
inseridos no desenrolar do curso. Leituras e ditados (para treinar ortografia e escrita) são também programados dentro do curso e são uma parte integral e importante para a consolidação do aprendizado do uso da língua inglesa.
O professor corrige pronúncia, gramática e estrutura de frases continuamente quando o aluno está respondendo as perguntas ou quando está trabalhando em grupo.
Isto assegura que o aluno se torne consciente dos erros que ele comete, sendo também ajudado a corrigí-los conscientemente.
Também é preocupação dos professores que ensinam com o método Callan, manter a aula num ritmo tal para que o estudante aprenda a entender inglês no ritmo que ele é normalmente falado por um nativo da língua.
Isto assegura um mínimo de perda de tempo e mantém um grande nível de atenção, já que o professor está estimulando os alunos constantemente com perguntas o tempo todo.
O método é fácil, interessante e agradável de ser usado, e consegue fazer o aluno aprender inglês em um quarto do tempo normalmente necessário com o uso dos outros métodos disponíveis no mercado.
Isto porque o aluno falará somente em inglês quatro vezes mais em sala de aula do que com qualquer outro método.